PROGRAMAÇÃO

Apresentação Musical
VIOLÃO NA MÚSICA BRASILEIRA
Com Coletivo Contratempo e convidados

Sábado, 14 de dezembro, das 16h às 18h 

 

Para realizar sua inscrição, clique aqui 

 

Em homenagem aos compositores Villa Lobos, Armando Neves, Dilermando Reis e Canhoto, o coletivo Contratempo apresenta repertório de música brasileira para violões. A apresentação conta, ainda, com a participação especial da soprano Simei Paes, que interpreta canções de compositores brasileiros, incluindo o clássico de Mário de Andrade, Viola Quebrada.

 


O Coletivo Contratempo é formado por Rodrigo Procknov, Thiago Barone e Piero Quirino, e tem pesquisado a evolução do violão na cidade de São Paulo e em todo o território nacional e sua trajetória no mundo. No coletivo Contratempo figuram-se as influências de nomes como: Armando Neves, Augusto Anibal sardinha “ Garoto”, Dilermando Reis, João Pernambuco, Baden Powell, Raphael Rabello, entre outros.

 

Rodrigo Procknov é bacharel em Violão, compositor e intérprete. Com uma produção própria e uma trajetória como arranjador, que tem no seu currículo a assinatura de trabalhos como os arranjos do show de Sergio Reis e Renato Texeira, 50 anos de amizade. Atua como um múltiplo artista, desempenhando trabalhos nos campos da orquestração, arranjo, acompanhamento e interpretação como violonista.


Thiago Barone começou sua formação musical no Conservatório de Música Samuel Arcanjo, onde estudou dois anos violão erudito com o Professor Antonio e teoria musical com a Professora Elisangela Grow. Mais tarde fez aulas particulares durante cinco meses com o Professor Henrique Pinto e logo após ingressou na EMESP (Escola de Música do Estado de São Paulo - antiga ULM) estudando durante dois anos com o professor Everton Gloeden. Ingressou então na EMMSP (Escola Municipal de Música de São Paulo) onde estudou com o professor Paulo Porto Alegre. Em 2012, concluiu o curso de bacharel em Violão Erudito pela Universidade Cruzeiro do Sul. Em março de 2016,  iniciou o curso de pós graduação em Gestão de Conflitos (Psicossóciopatologia) no Instituto Keep Pacheco.


Piero Quirino é bacharel em Violão Clássico pela Universidade de São Paulo, sob orientação de Edelton Gloeden. É também técnico em Música pelo Conservatório Estadual de Música Juscelino Kubitschek-MG, onde estudou violão popular. Fez masterclasses com John Fostier (Bélgica) e Henrique Pinto. Durante seus estudos na USP tocou com Toninho Carrasqueira (prática de choro) e atualmente faz aulas de violão 7 cordas com o violonista Bruno Vinci.


Foto: Rodrigo Procknov