PROGRAMAÇÃO

Grupo de Pesquisas e Estudos
MÁRIO EDUCADOR DE ANDRADE - MÓDULO IV
Com Silvia De Ambrosis Pinheiro Machado e Suzana Salles

MÁRIO EDUCADOR DE ANDRADE: MÓDULO IV

CANÇÃO DE NINAR: PATRIMÔNIO CULTURAL DA INFÂNCIA


Quartas-feiras, 23 e 30 de outubro e 6 e 13 de novembro, das 19h às 21h


| Vagas: 40* | Para realizar sua inscrição, clique aqui

 

Inserido no programa Mário Educador de Andrade, o quarto módulo propõe um curso que oferecerá ao público a oportunidade de conhecer a canção de ninar brasileira e sua importância como patrimônio cultural da infância. Mário de Andrade foi sensível à presença dessa forma poética e musical, como atestam várias passagens de sua obra ensaística e literária. Além de aulas expositivas, o curso também contará com a audição de canções, algumas recolhidas por Mário de Andrade. 


Cronograma das atividades:


23/10 - Inspiração: “Maanape engolia as lágrimas, invocando [...] todos esses donos do sono em acalantos assim [...]”.

- Introdução de conceitos fundamentais para o estudo das canções de ninar;

- Leitura e análise do trecho literário de Macunaíma, o herói sem nenhum caráter, onde o autor inseriu um acalanto.


30/10 - Inspiração: “ Assim. Então [Macunaíma] descia e chorava encostado no ombro de Maanape. [...] O herói acalmava acalmava e adormecia bem.”

- Motivações melancólicas das canções de ninar (frio, tristeza e terror) e seus efeitos apaziguadores;

- Audição e análise de Sapo Cururu/Jururu (tradição oral), Acalanto para Helena (Chico Buarque de Holanda) e cantigas recolhidas em pesquisa de campo.


06/11 - Inspiração: “ [...] o Acutipuru o Murucututu o Ducucu [...]”.

- A presença do som nasal (hum) e das onomatopeias nos cantos para dormir;

- Audição e análise de Murucututu (tradição oral), Tudo tudo tudo (Caetano Veloso), Amigo Besouro (tradição oral).


13/11 – Conclusões e encerramento com a artista Suzana Salles.


Silvia De Ambrosis Pinheiro Machado é psicóloga clínica formada na PUC-SP. Atua como psicoterapeuta de abordagem fenomenológica, atendendo adultos, acompanhando casais e orientando pais e mães. Criou o atendimento psicológico domiciliar pós-natal (1987), de onde surgiu a inspiração para o estudo de um dos primeiros objetos de cultura e de arte que envolve o nascimento: a canção de ninar. Este estudo resultou no seu doutoramento em Letras (USP-2012) e no livro “Canção de ninar brasileira: aproximações” (EDUSP-2017). Silvia pesquisa, escreve, ministra cursos, participa de bancas examinadoras e coordena projetos socioeducativos voltados para a primeira infância. 


Suzana Salles é nascida em São Paulo, capital, iniciou sua carreira com Arrigo Barnabé, na Banda Sabor de Veneno, e Itamar Assumpção, na Banda Isca de Polícia. Com eles gravou, respectivamente, Clara Crocodilo e Às Próprias Custas S/A. Tem cinco CDs gravados, entre eles: Suzana Salles (acompanhada pelo grupo Aquilo Del Nisso), Concerto Cabaré ( músicas de Kurt Weill e Bertolt Brecht, gravado ao vivo com orquestra regida por Lincoln Antonio), As Sílabas (com Lincoln Antônio, Chico Saraiva e André Magalhães) e Caipira, ao lado do tenor brasiliense Lenine Santos e do violeiro mineiro Ivan Vilela. Com estes mesmos músicos lançou Mais Caipira, pelo selo Borandá. É idealizadora e curadora da Semana da Canção Brasileira, evento sediado na cidade de São Luiz do Paraitinga, realizando cinco edições, entre 2008 e 2012. Suzana acaba de lançar o CD Jogos da Noite, ao lado do compositor Pepê Mata Machado, trabalho novíssimo inteiramente baseado em poesia brasileira dos séculos XIX e XX.


*Haverá emissão de certificado ao aluno que obtiver 75% de frequência na atividade.


Foto: Miguel Monteiro